Sobre

Bem-vindos ao blog do ASA!

O coletivo ASA – Artes, Saberes e Antropologia, reúne pesquisadores de iniciação científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado, aproximados em função de uma perspectiva etnográfica e de uma abordagem pragmática da vida social, que privilegia as formas e estilos das práticas, quer dizer a poética social.

Somos um grupo vinculado ao Departamento de Antropologia da FFLCH/USP, criado em 2009 e que, desde lá, já produziu várias teses e dissertações, alguns prêmios e indicações, artigos e livros, muita conversa, muito estudo e discussões, muitas e muitas trocas profícuas. Esperamos que, aqui, você encontre informações interessantes – e, quem sabe, inspiradoras sobre uma série de objetos dos quais nos aproximamos através da antropologia…

Verão que os temas por nós abordados são diversos. Modernismos, viagens, bordadeiras, cidades, intelectuais, movimentos sociais, memórias, políticas culturais, fotografia, arte,  pensamento social etc. Tamanha diversidade é articulada por uma série de linhas transversais que dão as bases das trocas que acontecem neste grupo. De um lado nos aproximamos em função de uma perspectiva etnográfica e em uma abordagem da vida social centrada nas práticas, e uma questão que frequentemente é colocada em nossos trabalhos é: o que uma abordagem etnográfica sobre determinada questão pode propiciar? O que de novo pode ser iluminado ao atentar para as práticas cotidianas? De outro, há o gosto por temáticas variadas,  mas que, sutilmente, se aproximam a partir dos objetos de estudo propostos, que gravitam em torno de alguns eixos: práticas e imaginários urbanos; memória e experiência social, antropologia e arte….

A antropologia é nossa principal ferramenta – ou caminho – para olhar, ouvir, sentir… enfim, para perceber e pensar o mundo. É através de seus métodos e conceitos mas, principalmente, de uma certa perspectiva que lhe é própria que nos voltamos para nossos objetos. Ao mesmo tempo, ela própria é matéria de nossa reflexão, seja nas histórias da antropologia e das ideias feitas por alguns dos membros do nosso grupo, ou na exploração dos limites e possibilidades da reflexão, da escrita e da prática etnográfica realizada por todos nós.

Convidamos você a acompanhar um pouco de nossas ideias e nossos trabalhos e a compartilhar conosco um pouco dessas trocas.

Share Button