Rodrigo Martins Ramassote

É bacharel em Ciências Sociais pela UFSCar (2002), mestre em Antropologia Social pela Unicamp (2006) e doutor em Antropologia Social pela mesma instituição (2013). Desde 2006, atua no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) nas áreas de patrimônio imaterial e, mais recentemente, educação patrimonial. Tem artigos publicados nas áreas de sociologia da cultura e dos intelectuais, crítica literária no Brasil, pensamento social brasileiro e livros na área de patrimônio imaterial e educação patrimonial.

Atualmente, realiza seu pós-doutorado no Departamento de Antropologia Social da FFLCH-USP, onde pesquisa a trajetória acadêmica, profissional e intelectual de Ruy Coelho (1920-1990) à luz tanto da circulação e do intercâmbio de pesquisadores, de ideias, dos arranjos e acordos institucionais e da montagem de redes acadêmica e profissionais envolvendo o Brasil, os EUA e a França, quanto dos contornos do campo de estudos das relações raciais e das culturas negras em nosso país, marcado tanto pelo constante interação com a agenda política e a orientação teórico-conceitual da produção científica estrangeira sobre o tema, quanto pelas disputas disciplinares locais do tema entre as áreas da antropologia e a sociologia.

Currículo Lattes

 

 

Share Button