Vinícius Spira

Doutorando e mestre em Antropologia Social pela FFLCH-USP, com graduação em Ciências Sociais (2011) e Arquitetura (2003) também pela USP. Suas pesquisas dedicam-se a estudar as dinâmicas culturais e políticas das práticas cotidianas em sua relação com processos de formação de territórios e subjetividades. Realizou intercâmbio de estudos em arquitetura por um ano na Universidade do Porto (Portugal, 1999/2000). Estudou fotografia (FAU-USP, 1999 e com o fotógrafo Carlos Moreira, 2011). Como arquiteto, atuou principalmente junto ao escritório Brasil Arquitetura, participando de projetos diversos, com destaque para habitação social e equipamentos públicos (centros educacionais e museus). Em sua dissertação de mestrado, intitulada Desafios do acolhimento e práticas espaciais: os Centros Educacionais Unificados (CEUs) de São Paulo, analisa as interações cotidianas entre funcionários e usuários dos centros educacionais e a maneira como espaços, normas de funcionamento e diretrizes pedagógicas produzem e são produzidos por estas interações. No doutorado tem realizado uma etnografia das práticas de projeto, construção e ocupação de espaços coletivos em bairros com carências urbanas e socioeconômicas. O propósito é analisar os distintos processos de formação de espacialidades, e como elas se relacionam e podem se relacionar com a construção de subjetividades coletivas, práticas culturais e políticas de resistência e emancipação. Mais especificamente, a pesquisa tem envolvido uma etnografia de processos de construção de espaços em comunidades na Vila Maria (Cidade Nova, Vila Nova Tietê e Ocupação Douglas Rodrigues). Trata-se de desenvolver uma relação entre investigação e intervenção, por meio da qual a presença em campo não está unicamente a serviço da produção teórica, mas visa também contribuir para a transformação social e política mobilizando as ferramentas da arquitetura e da antropologia.

Currículo Lattes

 

Share Button